Pular para o conteúdo
Início » Descubra a história medieval e cultural de Pavia: universidade, torres, museus e muito mais

Descubra a história medieval e cultural de Pavia: universidade, torres, museus e muito mais

Pavia

Pavia é uma cidade encantadora localizada na região da Lombardia, na Itália. Ela é considerada um tesouro histórico, cultural e arquitetônico por sua rica herança histórica, além de museus, igrejas e outros monumentos arquitetônicos que representam a longa e interessante história da cidade. A cidade é conhecida por sua cidade murada e batizada como a cidade das cem torres, que são vestígios da era medieval.

Publicidade

Ao conhecer Pavia, é possível sentir a atmosfera mágica da cidade, onde o passado e o presente se misturam. É possível encontrar várias construções históricas bem preservadas, como a Ponte Coperto, um marco arquitetônico importante da cidade. Também é possível visitar a Catedral de Pavia, que é uma impressionante igreja românica-gótica construída no século XV. A cidade também é o lar de vários museus que abrigam artefatos históricos e obras de arte importantes.

Para aqueles que amam a história, a cultura e a arquitetura, Pavia é um lugar fascinante para se visitar, oferecendo uma oportunidade única para explorar o patrimônio arquitetônico e cultural da Itália e mergulhar na sua história. Com sua cidade murada e suas 100 torres, Pavia certamente irá encantar aqueles que desejam experimentar a autêntica beleza medieval italiana.

Breve História de Pavia

Publicidade

Pavia, uma cidade com mais de 2mil anos de história, provou ser um local histórico de importância única para a Itália. Fundada há cerca de 2.500 anos pelo Império Romano, foi capital do Reino Lombardo entre os séculos VII e VIII. Anos mais tarde, foi conquistada pela República Veneziana e tornou-se parte da Província da Insúbria por volta do século XVIII.

Com o declínio político da dinastia Valois em 1797, a República Cisalpina foi derrubada pela França após a Revolução Francesa e mais tarde esteve sob o domínio da Autoridade Austríaco-Toscana até ser subjugada pela Realeza Italiana Lacônica no final dos anos 1800.

Depois de ser destruída durante a Segunda Guerra Mundial e ser palco da Batalha de Pavia em 1525, quando o exército francês derrotou a Liga Católica liderada por Carlos V Habsburgo na Guerra dos Trinta Anos, Pavia emergiu das cinzas para se tornar uma das principais economias da Europa Central dentro do domínio italiano após a união dos estados italianos, em 1861, para formar o Reino da Itália.

A cidade foi durante séculos um importante centro acadêmico e político, com famílias locais sendo governantes de diversas Dinastias Medievais. Ao longo dos séculos, a região foi palco de inúmeras batalhas, guerras e disputas religiosas entre vários povos poderosos. O seu legado cultural sob o domínio desses povos tem sido preservado através dessa história conturbada.

A Universidade de Pavia é talvez o legado mais interessante destes acontecimentos. Fundada em 1361 pelo imperador Carlos IV, tornou-se rapidamente uma das instituições universitárias mais importantes da Europa Medieval e um local central para a discussão acadêmica sobre as principais questões culturais do seu tempo. A sua biblioteca também estabeleceu-se como um marco do conhecimento acadêmico durante esse período.

Com o passar dos anos, foram adicionadas novas torres, igrejas e outros edifícios históricos às muralhas medievais que protegiam a cidade para juntar-se às ruínas antigas espalhadas por toda parte.

E hoje em dia há museus dedicados à história municipal com exposições focadas na cultura medieval pairando nas imediações da Universidade de Pavia para os visitantes explorarem e desfrutarem de toda esta maravilha.

Publicidade

Localização de Pavia

A cidade de Pavia encontra-se localizada no norte da Itália, na região da Lombardia. Mais concretamente, está situada no vale do Rio Ticino, cerca de 50 km ao sul de Milão, e ao lado de várias pequenas povoações rurais.

Esta majestosa localização fornece uma ótima combinação entre o carácter rural tranquilo e as importantes cidades próximas, oferecendo excelentes oportunidades para explorar e experimentar a beleza das suas paisagens naturais, assim como os serviços modernos que se encontram nas proximidades.

Como chegar a Pavia?

Chegar em Pavia é extremamente fácil vindo de qualquer parte da Europa. A cidade está diretamente ligada às principais rodovias, e muitos ônibus e trens estão disponíveis diariamente a partir dos aeroportos mais próximos, incluindo Linate e Malpensa.

Há também uma excelente conexão ferroviária entre Pavia e diversos destinos nacionais – basta pegar um trem para outras grandes cidades italianas como Roma ou Florença. Por fim, existem transfers gratuitos em ambas as direções dos limites da cidade para facilitar o transporte público dos visitantes que chegam até lá.

Qual é a melhor época do ano para visitar Pavia?

Tivemos a oportunidade de visitar Pavia em diferentes épocas do ano, mas sem dúvida a melhor época é durante o verão, de junho a agosto. O clima é quente e agradável, perfeito para passear pelas ruas charmosas e visitar os principais pontos turísticos da cidade. As ruas e praças ficam repletas de mesinhas onde podemos apreciar o movimento da cidade fazendo um delicioso aperitivo ao ar livre.

Uma das festas mais famosas que acontecem em Pavia durante o verão é o “Festival della Musica Antica”, que ocorre em julho. Este festival celebra a música antiga, com concertos e apresentações de instrumentos históricos, como alaúde e cravo. É um evento incrível que atrai muitos turistas e moradores locais, que desfrutam de música de alta qualidade em uma atmosfera encantadora.

Acesse este site para ver o calendário dos festivais diretamente da Piazza do Castelo. Imperdível!

Outra época interessante para visitar Pavia é durante a primavera, de março a maio. A cidade fica coberta de flores e a paisagem fica deslumbrante. É possível desfrutar de caminhadas nos parques e jardins, como o Parque de Ticino, que oferece vistas maravilhosas da cidade e da natureza.

Por que Pavia é conhecida como a cidade das 100 torres?

Pavia é conhecida como a cidade das 100 torres devido à grande quantidade de torres medievais que ainda existem na cidade. Acredita-se que em seu auge, havia mais de 180 torres erguidas por famílias nobres em Pavia. Hoje, cerca de 20 dessas torres ainda permanecem em pé, e muitas delas podem ser visitadas pelos turistas.

A torre mais alta de Pavia, a Torre Cívica, mede impressionantes 75 metros de altura, e oferece uma vista panorâmica incrível da cidade. Além disso, cada torre tem uma história única e muitas delas são ligadas a lendas e histórias folclóricas que valem a pena explorar.

Sabia que a Colomba Pascal é originária de Pavia?

A Colomba Pascal é um pão doce em forma de pomba, tradicionalmente consumido na Páscoa na Itália e tantos outros países. Aqui na Itália ela é consumida no domingo de Páscoa após o almoço.

Acredita-se que sua origem remonta ao século VI, quando um padeiro local ofereceu um pão doce em forma de pomba ao rei lombardo Alboino, como símbolo de paz e reconciliação, durante o cerco à cidade de Pavia.

Desde então, a Colomba Pascal tornou-se um símbolo da Páscoa e é consumida em toda a Itália.

Nos adoramos a Colomba Pascal e sempre compramos uma para compartilhar com nossa família durante a Páscoa. É incrível pensar que essa tradição remonta a séculos atrás e que foi um simples padeiro de Pavia que criou essa delícia. A receita tradicional é muito saborosa, feita com farinha, açúcar, ovos, manteiga, frutas cristalizadas e amêndoas. E o formato de pomba é tão bonito e simbólico!

Principais Pontos Turísticos de Pavia

1) Certosa de Pavia:

Pavia
Certosa de Pavia – Fonte: Pixabay

Essa é uma das atrações mais famosas de Pavia, e não é para menos. A Certosa di Pavia é um mosteiro cartuxo do século XV, com uma arquitetura impressionante. Uma curiosidade sobre esse monumento é que ele foi construído como um presente de casamento para o Duque de Milão e sua noiva, em um esforço para fortalecer as relações políticas entre as duas regiões.

2) Ponte Coperto:

Pavia
Ponte Coperto Pavia – Fonte: Pixabay

A Ponte Coperto é uma ponte de pedra medieval, construída no século XIV. Ela é coberta, o que a torna uma das pontes mais charmosas da Itália. Uma curiosidade interessante é que, durante a Segunda Guerra Mundial, a ponte foi destruída pelas forças alemãs, mas depois foi cuidadosamente reconstruída para manter seu charme original.

3) Piazza della Vittoria:

A Piazza della Vittoria é o coração de Pavia, e é onde os moradores e visitantes se reúnem para socializar e relaxar.

Esta praça é gigante e concentra vários restaurante e cafés o que a torna sempre uma festa.

Ela possui um grande monumento em homenagem aos soldados caídos na Primeira Guerra Mundial, e muitas vezes é o cenário de festivais e eventos locais. Foi projetada pelo arquiteto italiano Marcello Piacentini, que também é responsável por vários outros monumentos famosos em toda a Itália.

4) Museu Arqueológico:

Para quem gosta de história, o Museu Arqueológico de Pavia é um verdadeiro tesouro. Ele abriga uma vasta coleção de artefatos da era romana, bem como outros artefatos de várias épocas históricas. Uma curiosidade sobre esse museu é que ele foi construído dentro de um antigo convento, o que lhe confere uma atmosfera única e acolhedora.

5) Castelo Visconteo:

Por último, mas não menos importante, temos o Castelo Visconteo, um castelo medieval construído no século XIV. Uma curiosidade interessante sobre esse castelo é que ele foi usado como uma prisão durante a Era Napoleônica, e muitas vezes abrigava prisioneiros políticos importantes.

O castelo é imponente e deslumbrante. Ficamos muito impressionados pela conservação e beleza deste castelo. Certamente é um dos mais bonitos que já visitamos na Lombardia. O seu jardim também abriga importantes eventos muito bem organizados e são imperdíveis. E o melhor, ele fica “encostado” no centro histórico da cidade.

Conclusão:

Pavia é uma cidade que oferece uma combinação fascinante de história e vida moderna. Seus monumentos medievais e ruas estreitas nos transportam para uma época passada, enquanto que suas universidades renomadas trazem uma atmosfera jovem e dinâmica.

Caminhar pelas ruas de Pavia é uma experiência culturalmente rica, com muitos eventos e festivais ao longo do ano, além de um comércio animado e uma culinária deliciosa (não deixe de provar o Risotto alla Certosina, um prato tipico da cidade). É uma cidade que oferece uma experiência única, onde o passado e o presente se encontram em harmonia. Por todas essas razões, recomendo vivamente a visita à Pavia, uma das cidades mais fascinantes e acolhedoras da Itália.

Continue sua leitura para conhecer outra cidade lindíssima do lado de Milão. Venha conhecer Monza!

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *