Pular para o conteúdo
Início » 5 passos para você aprender a viajar de trem pela Itália sem depender de ninguém

5 passos para você aprender a viajar de trem pela Itália sem depender de ninguém

trem italia

Precisa pegar um trem na Itália mas não sabe por onde começar? Fique tranquilo, esse guia vai te mostrar tudo o que você precisa saber para viajar de trem pela Itália sem dor de cabeça.

Publicidade

Uma dica importante antes de começar a planejar sua viagem é definir quais cidades quer conhecer. 

Se você quer conhecer cidades como Roma, Veneza, Milão ou Nápoles, que são bem conectadas com a malha ferroviária, ou se quer conhecer cidadezinhas, que ficam entre uma província e outra, aí, talvez, alugar um carro será mais satisfatório, pois nem todas as pequenas cidades tem a sua própria estação de trem.

trem italia
Foto - Fonte Pixabay

Passo 01: Planeje sua viagem de trem

Publicidade

Antes de começar a comprar passagens e reservar lugares nos trens, planeje bem sua viagem.  

Veja por qual cidade vai começar e, por qual cidade vai terminar a viagem. Qual é a melhor data para viajar e quanto tempo vai querer ficar em cada cidade para fazer tudo o que pretende fazer, que neste ponto  já devem estar definidas. Só assim você saberá quanto tempo gastará em cada cidade.

Depois disso, reserve hotéis e restaurantes com antecedência para não ter problemas durante a viagem.

Passo 02: Compre as passagens do trem

Uma vez que você já tem tudo planejado, é hora de comprar as passagens. Para entender melhor qual bilhete comprar, é importante saber que são duas as companhias de trem que operam na Itália.

A primeira se chama Trenitalia, e é a principal operadora de trem na Itália, que chega inclusive nas ilhas Sardenha e Sicília e que conta com os moderníssimos trens:

  • Freccia –  são trens de alta velocidade e, por isso são mais caros, que ligam as principais cidades
  • InterCity – também ligam as pricipais cidades mas são mais lentos
  • Regionali – viajam pelas cidades grandes e pequenas da mesma região

A outra é a Ítalo Treno que opera apenas com trens de alta alta velocidade. 

Publicidade

As passagens podem ser compradas online diretamente no site das empresas:

Orientamos a baixar os aplicativos das 2 empresas que são ótimos e muito fáceis de usar.

As passagens podem ser impressas ou salvos no celular, dentro dos próprios aplicativos para serem mostradas ao fiscal dentro do trem. Porém, os tickets impressos sempre nos salvam diante de um celular sem bateria.  

Caso compre o bilhete na própria estação, é preciso validá-lo pouco antes de pegar o trem. Depois isso, eles têm validade de 4 horas.

Para validá-lo, procure por pequenas máquinas, verdes ou amarelas, localizadas dentro da estação ou na própria plataforma de embarque. É só inserir o seu  bilhete e esperar que a máquina o carimbe automaticamente.

Os bilhetes comprados pela internet não precisam ser validados. É só apresentá-los para o fiscal no trem, durante a viagem, quando solicitados. 

Passo 03: escolha o seu assento no trem

Uma das grandes vantagens dos trens italianos é que você pode escolher o seu assento. Geralmente, os assentos são marcados com números e você pode escolher o seu assento na hora de comprar as passagens.

Fique de olho na hora da compra do bilhete pois em alguns trens você pode escolher o seu assento e por um adicional de aproximadamente 4 euros você compra o assento com mesa.

A dica é: se você viaja na hora do almoço ou do jantar, essa mesinha faz toda a diferença. Inclusive para quem está viajando com crianças para fazer algum jogo ajudando a passar o tempo.

No caso dos trens de linhas regionais, normalmente é uma classe única e você pode sentar onde quiser, ou seja, os assentos marcados não são obrigatórios. Também não é garantido o bom funcionamento do ar-condicionado. Ponto muito importante para as viagens feitas no verão.

Passo 04: confira os horários dos  trens

É importante saber que algumas linhas de trem podem variar os horários de acordo com os dias da semana.

Fique atento se existe alguma programação de greve dos funcionários de trem  (“sciopero” em italiano) pois aqui  isso é bem comum de acontecer e acaba atrapalhando a vida de milhares de pessoas, tendo que se virar com outras alternativas de transporte como ônibus, por exemplo.

Caso precise recorrer a esta alternativa, deixamos aqui o site de uma empresa de ônibus muito utilizada na Europa que é Flixbus.

Passo 05: na estação de trem

Com os tickets em mãos, procure pelos painéis eletrônicos para conferir qual é a plataforma (“binario” em italiano) da qual o seu trem vai partir.  Geralmente, os trens italianos são bem pontuais. Mas é verdade também que eventualmente podem ocorrer atrasos. 

Dicas finais:

Para finalizar, é importante lembrar que os trens na Itália podem ser bem cheios, então é bom chegar com antecedência na estação de trem. Outra dica é conferir as promoções que estão em vigor nos sites/aplicativos, costumam valer muito a pena.

Agora que você já sabe tudo sobre como viajar de trem pela Itália, clique aqui e descubra tudo sobre Veneza, onde chegar de trem é a melhor opção.

Esta na dúvida se viajar de trem pela Itália é melhor do que alugar um carro, então saiba aqui tudo o que é preciso para alugar um carro na Itália e veja o que é melhor para a sua viagem.

2 comentários em “5 passos para você aprender a viajar de trem pela Itália sem depender de ninguém”

  1. Pingback: Planejando sua viagem à Itália: Guia completo - ALLA ITALIANA

  2. Pingback: 3 dicas para alugar carro na Itália: tudo o que você precisa saber - ALLA ITALIANA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *