Pular para o conteúdo
Início » Verona – uma cidade que vai muito além da história que Shakespeare escreveu em Romeu e Julieta

Verona – uma cidade que vai muito além da história que Shakespeare escreveu em Romeu e Julieta

Verona

Verona é uma cidade italiana localizada na região do Vêneto, no norte da Itália, com aproximadamente 260 mil habitantes. É conhecida por ser a cidade onde se passa a história de Romeu e Julieta e é um destino popular devido a sua beleza histórica e arquitetônica. 

Publicidade

A cidade possui uma série de monumentos históricos, incluindo a Arena e a Casa de Julieta, uma casa medieval que foi inspiração para a famosa história de amor. 

Além disso, Verona também é conhecida por sua gastronomia, vinhos e eventos culturais, como o Festival de Ópera de Verona, que acontece todos os anos na cidade.

Claustro da Basilica de San Zeno - Verona - Fonte: Pixabay

Quando visitar Verona?

  • abril a outubro: melhor época para visitar Verona.
  • julho e agosto: são os meses mais quentes e também os mais caros já que são meses das férias europeia, portanto, alta temporada.
  • janeiro: prefira evitar, pois é o mês mais frio do ano com dias curtíssimos.
  • maio, junho e julho: são meses mais chuvosos 

Como se locomover em Verona?

Verona é uma cidade grande para os padrões italianos, porém, para visitar o seu centro histórico, que não é tão grande, e seus pontos turísticos, caminhar é a melhor maneira de curtir a cidade.

Publicidade

Uma boa dica é se hospedar na área do centro histórico, já que está perto de todas as atrações, facilitando assim ir de um ponto a outro tranquilamente.

Caso não se hospede no centro, e você precisar ir da estação ferroviária até seu hotel, há pontos de ônibus bem em frente à estação de Porta Nuova. As passagens podem ser adquiridas em máquinas na parada ou em uma tabacaria (tabaccaio). Alguns ônibus também aceitam pagamentos “contactless” com cartões de crédito ou débito. A distância da estação ferroviária até o centro histórico são de aproximadamente 20 minutos a pé.

Para aqueles que querem explorar mais Verona e seus arredores, há táxis disponíveis e podem ser reservados online ou por telefone. (www.radiotaxiverona.it)

Há várias empresas de aluguel de bicicletas em toda a cidade e elas oferecem várias tarifas, dependendo do tempo de uso da bicicleta. 

O que ver em Verona?

Verona foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO devido a sua estrutura urbana e sua valiosa arquitetura. Com esta informação já dá para perceber que a cidade é realmente linda e não pode ficar de fora do seu roteiro, não é?

- Piazza Brà:

A Piazza Brà é uma das principais atrações turísticas da cidade e um importante ponto de encontro para os veroneses.

A praça é cercada por vários edifícios históricos, como o Palácio Brà, que é sede da Prefeitura de Verona, e o Arco de Gavi, um arco romano construído no século I a.C., e é um dos mais importantes monumentos arqueológicos da cidade.

Publicidade

A Piazza Brà também é famosa pelo seu mercado, realizado todas as sextas-feiras, e oferece uma variedade de produtos frescos, incluindo frutas, legumes, queijos e carnes. Além disso, a praça é cercada por vários restaurantes e bares, o que a torna um ótimo lugar para relaxar e desfrutar da culinária local.

Em resumo, a Piazza Brà é um lugar importante e encantador em Verona, que oferece uma mistura única de história, cultura e gastronomia.

- Arena de Verona:

Arena verona
Arena Verona - Fonte Pixabay

A Arena é um teatro romano histórico e um dos mais famosos da Itália e ainda um importante ponto turístico.

Foi construído no século I a.C. e é um dos mais bem preservados teatros romanos do mundo. Ele é famoso por suas apresentações de ópera ao ar livre, realizadas todos os verões desde 1.913. As apresentações são muito populares e os bilhetes geralmente esgotam com meses de antecedência. 

O Teatro Arena também é um importante lugar de eventos culturais e musicais, e é sede de vários festivais, como o Festival de Música Clássica de Verona e o Festival de Música Jazz de Verona. Além disso, o teatro é aberto para visitações turísticas durante todo o ano, oferecendo aos visitantes a oportunidade de conhecer sua história e arquitetura.

- Casa de Julieta:

casa de julieta
Casa de Julieta: Fonte Pixabay

A Casa de Julieta é conhecida por ser a casa fictícia da personagem Julieta, protagonista da famosa tragédia de Shakespeare, “Romeu e Julieta”.

A casa, que é conhecida também como “Casa di Giulietta”, foi construída no século XIV e conhecida também por sua bela fachada, com janelas góticas e uma escada de mármore que leva ao terraço.

Em um dos lados da casa, há uma estátua de bronze de Julieta, que é um dos principais atrativos turísticos da cidade. A estátua foi criada em 1972 pelo escultor Nereo Costantini e é um dos lugares mais fotografados de Verona.

A casa está localizada numa área muito agradável, rodeada por vários restaurantes e lojas de souvenirs, o que a torna um ótimo lugar para fazer um passeio muito agradável e tranquilo.

- Castelvecchio:

Castelvecchio é um castelo medieval que foi construído no século XIV pelos lordes Scaligeri, uma família poderosa da época, sendo usado como sua residência principal.

O castelo é um exemplo da arquitetura militar da época com muros espessos e torres redondas. Ele também é decorado com esculturas e pinturas de época, que podem ser vistas no museu situado em seu interior.

- Torre Dei Lamberti:

A Torre dei Lamberti é uma torre campanária localizada no Palazzo Della Ragione, sede administrativa da cidade por séculos. A torre foi construída no século XII, e é um dos principais símbolos da cidade.

A Torre dei Lamberti mede 84 metros de altura e 368 degraus até o topo sendo a torre mais alta de Verona. Mas não se preocupe porque atualmente a torre conta com um elevador para o conforto dos visitantes. Ela está localizada no centro histórico da cidade e pode ser vista de vários pontos da cidade.

A Torre dei Lamberti também é um importante patrimônio cultural da cidade de Verona e é um dos principais atrativos turísticos da região. 

- Basílica de Santa Anastácia:

A Basílica de Santa Anastásia é um ótimo exemplo da arquitetura gótica italiana. Localizada no coração de Verona, é a maior igreja da cidade, atraindo muitos visitantes.

Construída entre 1.290 e 1.340, abriga inúmeras obras de arte, tanto no interior quanto no exterior. Em particular, o famoso afresco de Pisanello, “São Jorge e a Princesa”, que decora a parede exterior da Capela Pellegrini, é uma atração preciosa para os visitantes.

Além de seu conteúdo artístico, há várias outras características notáveis sobre a basílica, como suas vastas criptas em ambos os lados do edifício principal que se acredita terem sido usadas para enterros durante os tempos antigos; sua coleção de esculturas antigas de madeira que datam do século XVI; ou mesmo seu teto adornado com relevos dourados que retratam cenas da mitologia cristã.

- Basílica de San Zeno:

Igreja católica construída no século XI e dedicada ao santo Zeno, bispo de Verona no século V. De arquitetura românica, é uma Basílica pequena e sua fama se deve também por ser o local escolhido por Shakespeare para ambientar o casamento de Romeu e Julieta na cripta desta Basílica. Ali também está o corpo de San Zeno. Não deixe de visitar o seu belíssimo claustro, vestígios de um antigo mosteiro.

Dica Extra de Alla Italiana:

Giardini Giusti:

Giardini Giusti é um típico e lindo exemplo de jardim italiano no coração de Verona. Criado no século XV e situado a apenas 10 minutos a pé da Arena, é um ótimo lugar para fazer um passeio tranquilo entre o labirinto de plantas, flores e fonte de água (leve sua garrafinha para reabastecê-la de água fresca). 

Castelo San Pietro: vista panorâmica de tirar o folego

Se você quer ter uma vista panorâmica de Verona de tirar o folego, suba até o Castelo San Pietro. Você pode ir a pé ou através de um bondinho que já é uma diversão a parte. Aconselhamos a visita no final da tarde e pegar o pôr do sol. Incrível!

Onde se hospedar em Verona:

O melhor lugar para se hospedar em Verona é certamente o centro histórico. Desta maneira, você estará próximo às principais atrações e poderá se locomover a pé tranquilamente. Ainda que o preços serão um pouco mais altos, você economizará com transporte.

  • Residenza Elizabetta
  • Mario Number 8
  • B&B Cangrande di Danese-Viviani

Onde comer em Verona?

Aqui listamos alguns restaurantes tradicionais da cidade.

  • Ristorante Greppia
  • Osteria Da Ugo

Quer conhecer outra cidade italiana, eleita em 2022 a cidade com melhor qualidade de vida da Itália? Então, clique aqui e conheça Bolonha.

1 comentário em “Verona – uma cidade que vai muito além da história que Shakespeare escreveu em Romeu e Julieta”

  1. Pingback: Lago de Garda: venha saber quais são as 5 cidades mais bonitas com paisagens impressionantes - ALLA ITALIANA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *